Zero Hora aposta economia e finanças na web

O jornal Zero Hora , sediado em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, criou o site ZHDinheiro, especializado na cobertura do setor econômico e mercado financeiro.

O site traz serviços disponíveis 24 como bancos, empregos e carreiras, cotações de moedas, além de dados sobre comercialização de veículos e imóveis.

Na área “Mercado Financeiro”, os internautas encontram informações sobre pregões das principais Bolsas de Valores, tanto do Brasil como no exterior.


Internet cresceu 75% em três anos

9CA9AXT0HCAX8EXRJCAE2BZF7CARGRJ45CAAYUX8WCA4DUVGECACN7BZGCA2NR5I6CAB0SO9WCANC227KCAEL3KEDCA01G2D8CAHYK6FICAAMMXI1CA16YFDKCA1ZOEPECABYGXGJCAR6VWLGCAT0904UCom um percentual de aumento de 75,3%, entre 2005 e 2008, o uso da internet no Brasil atual é de 56 milhões de usuários.

 O uso entre os estudantes cresceu de 35,7% para 60,7%.

 80,3% acessa somente através de banda larga, 18% unicamente por conexão discada e 1,7% através das duas formas.  

O estudo do IBGE diz ainda que  a região Sudeste ainda tem o maior percentual de usuários (40,3%), seguido do Centro-Oeste (39,4%), Sul (38,7%), Norte (27,5%) e Nordeste (25,1%).

 O Centro-Oeste se destacou no quesito banda larga: 93,4% dos usuários usam a internet rápida como principal forma de acesso.

 Entre as razões para o acesso à internet, a comunicação com outras pessoas foi a principal delas, citada por 83,2% dos usuários em 2008, superando fins educacionais e de aprendizado , com 65,9%, que eram a principal razão dos acessos em 2005, quando foi apontado por 71,7% dos internautas.

Outra  pesquisa sobre Internet móvel

O número de usuários de internet móvel deve mais que dobrar em quatro anos. Segundo estudo da IDC, até 2013 o total assinantes desse serviço deve saltar de 450 milhões, registrados neste ano, para mais de 1 bilhão. A consultoria avalia que o rápido crescimento está atrelado à popularização do serviço e à queda nos preços de dispositivos portáteis como smartphones e netbooks.


Twitter investe em mobile

TwitterofficeSquare é um sistema de pagamento via mobile, novo projeto do fundador do Twitter, Jack Dorsey, e teve seu site e primeiras imagens reveladas.

Se a ferramenta se popularizar e globalizar, como a sua mais recente invenção, vai representar uma ameaça até para a fatia varejista do negócio de cartões, acabando aqueles infames 5% embutidos no preço de uma única transaçãoL

Lembra do que o Skype significou (e significa) para as companhias telefônicas? É a mesma coisa.

Para simplificar, é como o PayPal, só que com a possibilidade aceitar cartões físicos. Através de um pequeno adaptador, o iPhone e Android se transformam em máquinas de cobrança.

Recibos são gerados automaticamente, com possibilidade de assinatura digital e ainda a escolha da % de gorjeta. Pelas imagens, o Square oferece ainda alguns passos de segurança, como verificar o pagador pela foto.

Qualquer pessoa possa cobrar por seus serviços com o próprio celular. Sem taxas, sem mensalidades ou contratos com administradoras de cartões de débito e crédito.

 


Qual a estratégia do New York Times na era WEB 2.0?

O New YorkTimes custa nas bancas 2 dólares, mas sai de graça na internet, e emprega 11 funcionários apenas para mediar os comentários dos leitores. Toda uma estratégia vem crescendo para que o jornal se firme na web, tentando crescer em publicidade.

Os concorrentes na web são sites como o Huffington Post, que transforma o conteúdo de jornais como o New York Times em receita própria, ou seja, refaz seus conteúdos e outros grandes jornais do mundo todo, classificando em temáticas.

 São os chamados agregadores de notícias e o Huffington Post lidera esta estratégia na web americana. Com um exército de 3 mil blogueiros ele está criando um problema para a mídia tradicional de lá– chega a ter mais de 6,8 milhões por mês de visitantes, mais que o Washington Post e isto com apenas 7 empregados.

Avaliada em 100 milhões de dólaresm a empresa  merece a atenção de investidores que estão de olho no negócio e já aplicaram mais de 37 milhões de dólares, de fundos de private equity.

Boa parte desta iniciativa em oferecer tanto dinheiro para uma empresa tão pequena como esta é o fato deste sistema está competindo diretamente com a publicação e a oublicidade feita em revistas e jornais tradicionais.

Nos últimos dois anos, a publicidade tradicional, que mantém os veículos impressos, caiu certa de 40 % nos Estados Unidos. Ao passo que a venda nos impressos despencou, na internet aconteceu  totalmente o inverso, ela subiu em mais de 40% de 2006 a 2008, e boa parte abocanhada pelo Google.

É ou não é um bom negócio investir em estratégia digital?


Rede sociais no Brasil são destaque no ambiente corporativo

twitterAs ferramentas de web 2.0 vêm ganhando cada vez mais espaço nas empresas. Uma amostra disso é um estudo realizado pela empresa de recrutamento especializado Robert Half que revela que mais de 90% dos executivos de média e alta gerência no Brasil usam redes sociais ativamente como ferramentas de trabalho e de contato com amigos e conhecidos.

O relatório mostra que 46% dos entrevistados usam redes como Twitter, LinkedIn, Orkut e Facebook para relacionamento pessoal, enquanto 44% utilizam esses meios digitais com fins profissionais. Segundo a pesquisa, a rede mais usada é o LinkedIn, favorita de 36% dos entrevistados. Entre os profissionais da chamada Geração Y, que têm entre de 23 e 31 anos, a plataforma de relacionamento mais usada é o Orkut, com 33% das preferências.

O estudo também constatou que os entrevistados têm consciência do peso das redes sociais para a vida profissional: 80% deles usariam os meios digitais para procurar emprego.

Apesar da importância cada vez maior das redes sociais para os profissionais, de acordo com o relatório, as empresas em que trabalham ainda não possuem perfis nessas plataformas. A pesquisa mostra que apenas 20% das companhias têm páginas em redes de relacionamento. O estudo da Robert Half foi feito com 375 executivos de todo o Brasil.


Números

· 50 milhões já estão conectadas na Internet no Brasil;
· O brasileiro navega 23 horas/mês na Internet;
· 49% dos acessos a internet são feitos de Centros Públicos Pagos;
· A venda de computadores já supera a de Tv´s;
· Banda larga ultrapassa 8,1 milhões no Brasil;
· 56% das pessoas conectadas já utilizam banda larga;
· 151.949.077 de celulares no Brasil (81,59% Pré-pago/18,41%Pós-pago);
· 94% dos SMS´s são lidos;
· + 40% de todo tempo on-line no Brasil é gasto em msn e orkut;
· Média no Brasil de leitura de blogs é de 52%;
· 82% dos blogueiros falam de marca em algum momento;
· 15.000 usuários no Twitter no Brasil;
· O Brasil é a 2ª maior base de usuários de YouTube do mundo;
· 90% dos vídeos on-line vistos foram encaminhados por e-mail;
· 80% das pessoas na internet já assistiram vídeos online;
· O Brasil é a maior base de msn do mundo: 36 milhões de usuários;
· 70% dos internautas usam IM – Mensagens Instantâneas (MSN);
· O Brasil é a maior base de usuários do Orkut no mundo;
· O Brasil é o que mais usa sites de redes socias;
· As comunidades online atingem 78,4% dos internautas (Br);
· O Brasil é a 2ª maior base usuários de gmail do mundo;

Fonte: Ibope-Netratings / Mobile Nielsen / IDG Now / Anatel


Projetos

SINDUSCON-PR

Assessoria de imprensa e ações de aproximação com a mídia local e nacional, media trainning, alinhamento de informações organizacionais e  serviço de clipping.

ADEMI-PR

Assessoria de imprensa e ações de aproximação com a mídia local e nacional, media trainning, alinhamento de informações organizacionais e  serviço de clipping.

IESDE Brasil

Assessoria de imprensa e ações de aproximação com a mídia local e nacional, media trainning, alinhamento de informações organizacionais e
serviço de clipping.

Lupercio Manoel e Souza – Arquitetura de Interiores e Cenografia Corporativa

Desenvolvimento ambiente interativo, site institucional e realização de ações de aproximação com a mídia.

Universidade Federal do Paraná – Departamento de Educação

Programa de Consolidação de Licenciaturas – PRODOCÊNCIA.Trabalho arquitetura de informação e construção de projeto de mídia integrada  para a produção de cinco vídeos e desenvolvimento de ambiente colaborativo na Internet (site) e produção de livros didáticos.

Companhia de Informática do Paraná – CELEPAR

Projeto Conhecimento Livre – dedicado em prover soluções de educomunicação para a disseminação do conceito de Conhecimento Livre /  Software Livre.


Short Presentation